Arquivo

Posts Tagged ‘João jardim’

À VOLTA DOS CALORES E OUTRAS VISÕES POLÍTICAS por josé luís montero

O dia vem quente. Além nas montanhas que diviso desde o meu escritório vejo o Sol a reflectir com força. Vejo as pombas à sombra das beiras dos telhados. E não vejo mais porque as declarações do ministro Miguel Relvas deixaram-me sem paciência. Antes que nada e primeiro que tudo o ministro deveria dizer à população: “queridos concidadãos: como sabem a vida municipal gere o 80% das nossas vidas…” e posteriormente poderia dizer, então, as poucas ideias que brotam da sua cabeça. Mas, assim, não, não, não… Assim não ganha o premio da bola de berlinde na leitaria da esquina. Quer unir…Pretende unir terras para – segundo se entende – poupar. Que pouparia unindo Tomar com Torres? Nada a não ser afundar Torres como ele e os seus camaradas afundaram Tomar. A vida Municipal caracteriza-se por dois pontos fundamentais: 1- qualidade de serviços e 2- a proximidade entre representantes e representados. Se unimos municípios perdemos imediatamente proximidade e com ela perdemos, também, qualidade de serviço. Perdemos a vida e a gestão da Comuna. Não faz sentido em Portugal, País pequeno de pouca população, unir o que o tempo jamais uniu. É uma pretensão contranatura. Ler mais…

Anúncios

O Jardim e minha sogra por José luís montero

 

Quando é domingo é domingo. Antes era o dia do senhor; hoje é o dia de aturar a sogra. Normalmente, com a sogra não se fala de política; fala-se dos netos da sogra. Mas, quando tens uma sogra que defende o João Jardim o panorama fica sombrio e nem o arroz de lavagante sabe bem. O problema é que nunca se sabe como dizer-lhe: minha senhora: não diga mais asneiras… Então, enquanto se come o arroz grão a grão porque se perdeu o apetite, pensa-se a forma de contrariar a opinião da sogra.

Ler mais…