Arquivo

Posts Tagged ‘Surrealismo’

Notícias blasfemas do Surrealismo Saloio – josé luís montero

http://zarpante.com/pg/livro-come-202#.UZzvwYfVDzx

http://www.bertrand.pt/ficha/comecou-a-viagem?id=14937668

DADÁ COMEU UMA CODORNIZ. IMITAR É FAZER DE NOVO. O RAPAZIO ANDA COM MENSTRUAÇÃO PSICOLÓGICA. EXISTEM PRIMOS ALPINISTAS; ANINHAM-SE NO POÇO DO INFERNO. O VODKA SALVOU A HUMANIDADE. CRISTO ESTÁ SEPULTADO NA ÍNDIA; A VERDADE VIVE NA CATACUMBA ROMANA. O DESLEIXO É O PRIMEIRO PASSO DA VIRTUDE. HÁ PARAFUSOS NAS NUVENS; A LITERATURA É ORTOGRAFIA. A MALDITA IDEIA CRIOU O TRABALHO.

SE NÃO FAÇO FÉRIAS,AS FÉRIAS FAZEM-ME. ESTOU SALVO.

josé luís montero

Exerto do Conto extremadamente Poético – josé luís montero

O dia inteiro. A Vida encalhada. A osmose da merda. A Poesia na mão javarda. O vento que sopra. A beleza que voa. O João Baptista afogado na pia batismal. A Luxuria como bem moral. Os camelos arvorados a comer feno. O amor de fim- de-semana numa carruagem. Um descamisado à mesa da marquesa. O orgasmo da beata. Um saloio na presidência. Um cavalo no generalato. Uma avestruz no self-service. O Surrealismo virou saloio numa tarde de diarreia em Lisboa. Como coxas e nádegas no espeto. Espiralo ventosidades. Escrevo cartas diplomáticas. Tenho um pastel de nata. Enfio carapuças.

L’AGE D’OR [1930] Luis Buñuel